quarta-feira, 11 de maio de 2011

Olhe para o céu menina


Olhe para o céu menina,
Foi ele quem te trouxe até mim.
Pegue em minhas mãos,
Eu quero que você se aproxime
Não para te mostrar minhas feridas,
Apesar de que isso vai ser inevitável,
Mas para construirmos algo em cima de tudo isso,
Você aceitaria o meu mundo?
Estou disposto a oferecê-lo a você meu bem...
Outonos são tristes, as estações são melancólicas, todas...
Mas você torna tudo tão claro, é como se eu te levasse para um lugar
Que eu sempre vou, e que sempre está vermelho e escuro,
E quando abrisse a porta para te mostrar, estivesse tudo tão claro,
Como se você já estivesse em minha frente.
Eu te quero acima das estações meu bem,
Quero-te esta noite, nos próximos dias, e por
Quase todas as próximas folhas que caírem nesse fim de outono.
Segure em minhas mãos, vou te levar para longe, vamos viver alguma coisa querida?
Estou disposto.
 Você é tão linda!

 Ps.: É imensurável o prazer de te ter diante de meus olhos.

Lucas H. Figueiredo

Um comentário: